Relatórios De OVNIs

Com certeza a coroação de todo o esforço de um investigador de OVNIs é o momento de um avistamento.Nesse momento em que o pesquisador é tomado de extrema emoção, é preciso ter em mente a importância de se manter a calma e documentar com o máximo de detalhes aquele evento, pois conforme as palavras do saudoso ufólogo e astrônomo J.A.Hynek, “Nós não estudamos os OVNIs, visto que ninguém pegou um e examinou no laboratório, mas estudamos os relatórios de avistamentos”, significa que essencialmente, todo o estudo de algum evento ufológico se baseia, quase que unicamente, nas informações reunidas em um relatório, ou “reporte” ufológico.Pensando na importância deste procedimento, o CEO disponibiliza abaixo um modelo de reporte que desenvolvemos, que usamos para o registro de avistamento de OVNIs.Sugerimos que os interessados copiem o mesmo e o imprimam em forma de ficha ou mesmo em formato de documento de texto no computador, para que tenham um pequeno bloco de notas pronto à mão, para que, no momento de um avistamento, os principais dados do evento possam ser registrados.Isso é de fundamental importância para um estudo posterior.Um avistamento que não é registrado rapidamente cai no esquecimento, e se a testemunha tenta recordar, muitas vezes já não lembra de todos os detalhes.Este modelo de “reporte” é baseado no modelo utilizado pelos pesquisadores do Projeto Hessdalen.Existem diversos modelos de relatórios disponíveis na web, porém, decidimos usar este modelo simplificado, pois ele reúne as principais características de um avistamento, que acreditamos serem muito úteis para um estudo posterior.No final deste artigo, apresentamos um resumo explicativo de cada item do reporte, para orientação de como preenche-lo.

DETECÇÃO ELETROMAGNÉTICA:

TIPO:

DISTÂNCIA:

DIREÇÃO:

POSIÇÃO:

COR:

DURAÇÃO:

REGIME DE MOVIMENTO:

NÚMERO DE EVENTOS:

LUMINOSIDADE:

FORMA:

ALTURA SOBRE O SOLO:

DIMENSÕES:

TAXA DE MUDANÇA DE COR, SUPERFÍCIE E LUMINOSIDADE:

VELOCIDADE:

DIMENSÕES ANGULARES:

RUÍDO:

DATA:

HORA:

TESTEMUNHAS:

LOCAL DO AVISTAMENTO:

TIPO DE RELATÓRIO:

—————————————————————————————–

Explicações:

DETECÇÃO ELETROMAGNÉTICA:Se o ufólogo constatar que o seu UFO Detector disparou pouco antes do avistamento ou não, neste item o pesquisador simplesmente marcará SIM ou NÃO.

TIPO:Neste item o ufólogo indicará o tipo de  avistamento observado. Exemplos: luzes pulsantes, flashes pontuais, luzes se movendo, luzes estacionárias, luzes brancas pulsantes, objetos de aparência metálica estacionários, etc.

DISTÂNCIA:Esta é uma informação difícil de obter com precisão.O pesquisador tem que tentar conseguir uma aproximação da distância do UFO observado.É muito fácil se enganar nesta questão.Deve-se tentar avaliar a distância de modo visual, mas o melhor mesmo é mais tarde, se possível, ir até o local do avistamento e realizar medições aproximadas do ponto onde o pesquisador estava até o ponto onde o UFO foi observado.Se houver pontos de referência no local, como edificações, árvores ou algo parecido isso ajuda e muito na avaliação da distância.Exemplos:500m, 1km, 5km, etc.

DIREÇÃO:Utilizamos simplesmente os pontos cardeais.Com a utilização de uma bússola, que de preferência possua uma escala de azimute, o pesquisador pode estimar o azimute e o ponto cardeal do local do avistamento.Exemplos: UFO visto ao Norte, desloca-se para o Nordeste e desaparece ao Leste.

POSIÇÃO:Esta informação é para tentar orientar o pesquisador no que concerne à posição do UFO no local de avistamento.Exemplos: UFO voando baixo sobre uma colina;UFO parado no ar sobre um vale; UFO próximo ao solo perto da linha férrea, etc.

COR:Simplesmente descreva a cor do UFO, e também indique se ele mudou de cor durante o avistamento.Exemplo:UFO de cor azul, mudando para amarelo no final do avistamento.

DURAÇÃO:Pode ser expresso em segundos, minutos e horas, apesar que de modo geral, os avistamentos são de no máximo poucos minutos. Exemplo:Avistamento durou no total 1:25s; avistamento durou 15 minutos, etc.

REGIME DE MOVIMENTO:Este item descreve o comportamento do UFO.Exemplo:UFO manteve-se estático; UFO seguiu em linha reta depois fez uma curva e parou, etc.

NÚMERO DE EVENTOS:Indica o número de avistamentos naquela vigília, ou naquela noite. Exemplo: Ocorridos 3 eventos na vigília da data indicada.

LUMINOSIDADE:Neste item o ufólogo deve indicar o brilho do UFO, inclusive a sua variação, se ela ocorrer. Exemplo:UFO com brilho semelhante ao planeta Vênus, depois diminuindo para uma intensidade equivalente à estrela Aldebaran.(Neste item é de vital importância o pesquisador conhecer a magnitude das estrelas mais brilhantes, para utilizá-las para comparação com o brilho do UFO, ou mesmo o brilho de planetas que estejam visíveis no momento, como Vênus.)

FORMA:Descreve a forma do UFO. Exemplo:UFO discóide;UFO em forma de esfera, etc.

ALTURA SOBRE O SOLO:Este é outro item que é de difícil avaliação e facilmente somos induzidos ao erro.Se o UFO aparenta estar próximo, a avaliação de altitude pode ser feita com mais segurança, porém, se o mesmo está a uma distância maior, e se o avistamento for à noite, tudo se complica, e pode ser feita então somente uma aproximação.Exemplo:UFO a 50 m de altura; UFO a aproximadamente 800 m de altura.

DIMENSÕES:Este item tenta descrever as dimensões do UFO utilizando centímetros e metros.Exemplo:UFO media aproximadamente 50cm; UFO media 5 m de diâmetro.

TAXA DE MUDANÇA DE COR, SUPERFÍCIE E LUMINOSIDADE:Se o UFO apresentou mudanças de cor, textura da superfície e brilho, indicamos neste item a taxa de mudança, que geralmente é em segundos. Exemplo:UFO mudava de cor a cada 5 segundos, e seu brilho a cada 2 segundos.

VELOCIDADE:Outro item em que é fácil fazer estimativas errôneas.A velocidade aqui não é expressa em quilômetros por hora, mas em graus por segundo, ou por minuto.Exemplo:A Lua tem um diâmetro de meio grau.Utilizando o diâmetro da mesma para comparação, se o UFO percorreu o céu equivalente ao diâmetro de duas Luas em 1 segundo, dizemos que o UFO percorreu 1 grau/s.Sugerimos aos interessados pesquisarem na internet dimensões angulares, que são medidas utilizadas por astrônomos para medir objetos no céu.

DIMENSÕES ANGULARES:Utilizamos o mesmo método indicado no item anterior, só que desta vez para avaliarmos o tamanho do UFO.Exemplo:UFO com dimensões angulares aproximadas equivalentes à 4 Luas, que é igual a 2 graus.

RUÍDO:Descrevemos qualquer tipo de som que possa ter ocorrido durante o avistamento:Exemplo: silvo, assobio, estalos, etc.

DATA:A data é descrita de modo padrão como segue:Exemplo: 22/07/2010

HORA:A hora pode ser descrita de duas formas.No horário local, onde ocorreu o avistamento, ou no horário Universal, ou Tempo universal, que é o horário do Meridiano de Greenwich. Exemplo: Avistamento ocorreu às 20:30 hrs local; Avistamento ocorreu às 23:00 hrs Hora Universal. A diferença entre o horário local e o universal vai depender da longitude do local do observador.

TESTEMUNHAS:Indicar o nome de todos os que presenciaram a aparição do UFO.

LOCAL DO AVISTAMENTO:Indicar nome do local, com todos os detalhes, endereço, números, bairro, região, CEP, se possível indicar as coordenadas geográficas de latitude e longitude.

TIPO DE RELATÓRIO:Podemos indicar neste item como o UFO foi observado:

Visual-Quando o UFO foi observado a olho nu, sem o auxílio de instrumentos.

Binocular-Quando o UFO foi observado através de binóculos.

Fotográfico-Quando o UFO foi documentado em fotos.

Vídeo-Quando o UFO foi documentado em vídeo.

IR-Quando o UFO foi documentado utilizando-se sensores de infra-vermelho.

Para finalizar, esclarecemos que se o ufólogo ficar em dúvida sobre como preencher algum destes itens, ou seja, não ter uma certeza clara, deve indicar sempre como “Não disponível”, deste modo indicando que a informação não pôde ser obtida com precisão, e que então não foi adicionada ao relatório.

Instruções Básicas de uma investigação

PROCEDIMENTOS PARA A PESQUISA DE CAMPO DE OVNIS

-ATENÇÃO ÀS NOTÍCIAS
-BUSCA DE TESTEMUNHAS
-ENTREVISTA
-REGISTRO DE DADOS
-EQUIPAMENTO
-UTILIZAÇÃO DO FORMULÁRIO
-ARQUIVAMENTO
-USO DA INTERNET(GOOGLE EARTH)
ATENÇÃO ÀS NOTÍCIAS

O investigador tem que estar atento aos relatos e notícias sobre avistamentos de OVNIs.Sempre estar alerta, se informando via rádio, TV e internet, pode dar ao investigador oportunidades de ouro para que investigue em primeira mão um evento de OVNIs. Muitas vezes, uma pequena informação pode levar a uma grande investigação, obtendo-se conhecimentos valiosos.

BUSCA DE TESTEMUNHAS

Uma vez tomado conhecimento do ocorrido, cabe ao investigador procurar identificar as testemunhas do fenômeno OVNI, e procurar entrevistá-las, e com o uso do questionário padrão de avistamento de OVNIs, preenchê-lo com atenção e organização, lembrando sempre que essas informações serão usadas em trabalhos estatísticos.

ENTREVISTA

O investigador deve ter certos procedimentos quando de realizar uma entrevista com uma testemunha.Sempre ser imparcial, realizando a entrevista por meio de perguntas e obtendo as respostas do entrevistado.Ao mesmo tempo o investigador deve analisar, mesmo que rapidamente, a narração da testemunha, de modo a identificar uma possível fraude ou má fé do entrevistado, o que muitas vezes acontece. Com a experiência o investigador deduzirá, em entrevistas futuras, o que procede e o que não procede quando das declarações do entrevistado.

REGISTRO DE DADOS

É de fundamental importância o registro preciso das informações no questionário de avistamento.Não se deve complicar, exagerando ou fazendo um questionário muito longo, o que se torna muito cansativo.Devemos nos concentrar nos pontos básicos do ocorrido, e registrá-los com eficiência, imparcialidade e organização. Pode se considerar um resumo o preenchimento do questionário, porém, não deixando de lado nenhum dado importante.

EQUIPAMENTO

Para a realização de uma entrevista o investigador pode ser equipar dos seguintes materiais:
-Bloco de notas e caneta
-Gravador digital
-Câmera fotográfica
-Bússola com clinômetro
-GPS
-Trena
-Mapas ou o uso do Google Earth

Com estes materiais, o investigador, precisa realizar anotações em campo.Pode se usar o bloco de notas se não se dispor de um gravador digital.Porém, se disponível o gravador, ele se torna muito importante, pela facilidade do registro das informações, por meio verbal, da testemunha, permitindo o registro de dezenas de minutos de relatos, caso seja necessário.A câmera fotográfica é essencial para uma documentação gráfica do local do avistamento, das testemunhas e áreas de interesse. O uso de uma bússola com inclinômetro permite ao investigador calcular no local do avistamento, segundo o relato da testemunha, a posição do OVNI no que concerne na escala de azimute, e também da altura, mediante o uso do inclinômetro.Obtendo-se essas duas coordenadas locais, azimute e altura, pode-se plotar a trajetória do OVNI no céu, em cada momento do avistamento.O uso do GPS é muito simples e permite ao investigador obter as coordenadas geográficas precisas do local do avistamento.Uma trena pode ser ocasionalmente necessária para a medição de algo no solo, como por exemplo, marcas de pouso de OVNIs.Se disponível, o uso de mapas da região sob investigação é muito importante, permitindo ao investigador se localizar dentro da área, conhecer os pontos adjacentes ao local do ocorrido, e permite uma avaliação de toda a área a ser investigada, conhecendo os pormenores, como construções, zona de mata,etc. Num trabalho adicional o investigador pode usar a excelente ferramenta que é o software Google Earth, permitindo plotar imagens do local e fazer medições de distância e trajetória percorrida pelo OVNI.

UTILIZAÇÃO DO FORMULÁRIO

O formulário ou questionário de avistamento de OVNIs deve ser simples, organizado e eficiente nas definições solicitadas.Não se deve perder tempo com perguntas que não são essenciais, mas buscando as informações fundamentais para o registro e a investigação do ocorrido.O formulário usado pelo GEFAA deriva de diversos formulários que no decorrer das décadas surgiram, das mais diversas instituições ao redor do mundo.Exemplos desses questionários são o da USAF-Força Aérea Americana, como também do CUFOS-Centro para Estudos de OVNIs de J.A.Hynek, e finalmente, o questionário utilizado por uma equipe de cientistas italianos quando da investigação dos OVNIs no vale de Hessdalen, na Noruega.A chave de um questionário eficiente é a objetividade e a simplicidade.

ARQUIVAMENTO

Depois de muitas investigações de campo, entrevistas, chega o momento de organizar os registros e arquivá-los, para posterior análise.Uma organização básica é o suficiente para que os relatos sejam ordenados segundo data, local, e pelo menos o tipo de avistamento.O investigador tendo organizado os formulários segundo essa regra, pode, mais tarde, iniciar um estudo estatístico dos eventos.O arquivamento tanto pode ser na forma de fichas impressas como em um cadastro via computador.

USO DA INTERNET

A Internet se tornou uma ferramenta de fundamental importância na pesquisa de OVNIs.
Podemos destacar suas vantagens:
-Rápida comunicação entre os investigadores, via email  e Skype.
-Divulgação do trabalho de pesquisa via sites na internet.
-Utilização de software específico para a investigação, basta destacar o excelente Google Earth.
-Envio de material de pesquisa, como fotos, vídeos, documentos e outros.
-Análise de fotos e vídeos, assim como sua edição, via software.
-Organização de campanhas de observação, convocando os interessados via redes sociais.

SE VOCÊ VIU UM OVNI-OBJETO VOADOR NÃO IDENTIFICADO E DESEJA NOS INFORMAR UTILIZE OS SEGUINTES MEIOS PARA SE COMUNICAR CONOSCO:

Blog:auppg.wordpress.com (Deixe comentário na primeira página do blog informando o ocorrido)

Nós temos amplo interesse em dois tipos de casos de OVNIs.O primeiro é do avistamento convencional, ou seja, a testemunha vê um objeto luminoso no céu e relata o caso. O segundo tipo que muito nos interessa são os casos de pousos de OVNIs, quando eles tocam o solo e deixam marcas. Caso você tenha testemunhado algo assim, nos informe imediatamente.

Anúncios

9 Comentários em “Relatórios De OVNIs”

  1. Enio Says:

    Boa Tarde.
    Sou da Cidade de Londrina – Pr tenho como Robby pescaria noturno. e recentemente tenho observado objetos estranhos na região.
    Ja tive a oportunidade na minha infancia de presenciar um OVNI em companhia do meus pai (in memoriam) de meus irmão e um funcionario. A pouco tempo em viagem com uns amigos outra surpresa um OVNI paraou em cima do carro e começou acender inumeras luzes e desapareceu. E esta semana ja vi 2 objetos só não registrei o fato por ainda não possuir uma camera digital, por não ter condições financeiras para comprar. Se Esta associação tiver o interesse de presentear ou imprestar ficarei satisfeito em enviar as imagens, que com certeza registrarei.
    Grato Enio.
    43.96113746.

  2. ufo hunter carambei Says:

    me passa teu e-mail,talvez eu possa te ajudar.

  3. Isabella Says:

    Uma vez eu olhei para o ceu e vi uma coisa muito brilhosa q tinha a cor amaralo azul vermelho rosa e brilhava muito quando olhei para o chao ele ñ estava mais no ceu ..
    Achei muito estranho e tenho duvidas.


  4. tenho fotos de ovinisna serra do mar
    fui para site de curiosidades em uma pagina sobre ufologia
    Suposto ovini na sera do mar PR
    http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/suposto-ovni-serra-do-mar-parana-brasil.html


  5. como faço para postar em outros sites ou aki?

  6. sandro Says:

    boa tarde.aproximadamente em 1986,na cidade de floresta pr.passou ser normal avistar tres luzes em sequencia na horizontal,proximo a cidade vizinha itambé ha 12 km de distancia,parecia normal,porem a medida que ia escurecendo exemplo 8,9,10…da noite as luzes mudavam de altura,ou seja descartava ser luzes no solo,nessa mesma epoca foi quando apareçaram outras luzes em maringa e regiao.ate hoje nao sei o que eram aquelas luzes,mas marcou muito minha infancia,eu levava varias pessoas pra observar as luzes e todos ficavam impressionados,ha 3 anos antes deste fato meu irmao (in memorian)voltava de itambé de madrugada quando uma luz o seguia,ele estava de carro,ele pensava que era outro carro,porem a luz era bem mais forte do que um farol, e chagando em floresta essa luz desapareceu,ele com medo só parou em casa olhou para o ceu e viu uma luz subindo,fica no ar a pergunta que nao se cala -O QUE ERAM ESSAS LUZES-valeu pessoal um forte abraço!!!!!!

  7. Anderson Luiz Ramos Says:

    Boa tarde, parabéns pelo trabalho realizado, mas gostaria de registrar uma experiência que tive com minha agora esposa no centro da cidade de Ponta Grossa.
    Bem fazem mais ou menos uns 15 anos que isso aconteceu, na época eramos namorados e gostávamos de ficar sentados nos bancos do parque ambiental em frente ao terminal. Era noite e eis que ao olhar para cima avistamos duas luzes circulares brancas, mas o detalhe mais impressionante é que estas luzes pareciam estar disputando um tipo de corrida, era muito rápido mais muito mesmo conseguimos observar por mais ou menos uns 40 segundo e elas do nada parece que entraram em um buraco no céu e desapareceram , nunca falamos nada por vergonha, pois sabemos que seríamos foco de chacotas, mas agora que vejo que há alguém interessado nisso resolvi contar.

  8. china indiferente não interessa Says:

    Boa noite, meu nome é william, percebi através do youtube que não sou a única pessoa que tem visto ovnis com frequência. Bem, se eu parar para olhar para o céu principalmente de madrugada eles aparecem. Eu já vi suas naves centenas de vezes. Não sei o que isso significa. Só sei que as vejo a um bom tempo. Vou lhes contar algo que descobri. Eles usam a internet para se comunicar com humanos. Acredito seriamente que estão fazendo estudos sobre controle da mente. Não sou um privilegiado em contactar raças benevolentes em certo ponto de vista. Sei que eles estão me usando como cobaia, quase me enlouqueceram e falei com eles em salas de bate papo. Eles não querem que eu conte isso, mas é verdade, a humanidade faz parte de uma grande experiencia onde Deus seria só um cientista maluco nada misericordioso.

  9. china indiferente não interessa Says:

    Quase todas as vezes que eu olhar para o céu a noite eles aparecem. Me parecem que gostam de se divertir com a desgraça humana. Ao mesmo tempo que nos estudam. Essa raça que mantenho contato parece não ter muito respeito por nós assim como não temos respeito por nós mesmos. Parecem gostar de nos fazer sentir medo. Algo vem junto, humilhação, vergonha e loucura. Vou ser bem sincero, qualquer seita do mal tem contato com eles. Estudos de satanismo, mediunidade coisas assim essa ou essas raças estão envolvidas. Pra mim a Terra é como um festival de ano novo todos os dias pra esses demônios. Tive contato com seres benevolentes. Eles agem em um campo dimensional onde os do mal não podem ve-los assim como nós também não podemos ver os do mal. Por mais mal que eles sejam e por mais poderosos que sejam eu tenho certeza que os do bem irão vencer.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: